11/07/2014

Eternamente Nado!

Postado por Edison Eloy

Dia 04 de novembro de 2014 ao final da tarde, nesse horário de verão, o sol ainda brilhava alto no céu. Um capítulo da história da cena musical e artística de Belo Horizonte teve desfecho, não o desejado, mas sim aquele que mesmo sabendo ser inevitável, insistimos em não aceitar com resignação. Atack Epiléptico é o nome da banda, punk rock, grind core, Rock. Definição específica do estilo não é relevante quando simplesmente a banda em questão, coloca seu nome na cena mundial. Vanguardista, pois ousou, Naturalmente criativa, pois apenas cantar seus textos transbordando lucidez não bastava. Intensa, dizer rápido. Gritar alto contra injustiças e os males do "humano" que insiste ainda em explorar, subjugar e viver o egoísmo. Toda a intensidade em não ceder um centímetro sequer para o mal instalado em mentes nebulosas e corações insensíveis. Atack Epiléptico materializou todo esse sentimento contra o "sistema". Nado, tão intenso quanto os acordes e textos que ele escreveu, viveu coerentemente cada segundo desta história. Cantou apenas o que acreditava, empreendeu, produziu. Brindou Belo Horizonte com expoentes da cena hardcore/punk rock mundial. Viveu tão intensamente e assim também deixou a cena. Depressa, veloz como suas paixões e como a nos dizer: "Viva, viva agora esse segundo." Nos deixou assim, incrédulos e órfãos de exemplos de atitude positiva. Nesses tempos difíceis, mas HUMANOS, e por isso mesmo, esperançosos. Por sabermos ter vivido entre nós alguém tão honestamente digno. Eternamente Nado!

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More