5/03/2011

Thelma Rosa e Banda Diroki

Postado por Edison Eloy

A voz não trai a intenção, o canto não trai a atitude; jamais trairá no caso de Thelma Rosa e a Banda Diroki. Em um álbum homônimo com doze faixas, sendo uma releitura, "Filosofia" (Noel Rosa). Desconstruída e renovada. Sábia escolha. Thelma Rosa, respira rock´n roll, mesmo que a primeira audição possa nos remetar a talvez um caminho "zen" demais para o rock. Mas, quando chama nossa atenção para o comodismo, "para de ficar parado" (Cristiano Daniel). Aí está a atitude. "Suavemente", como um punk, outro sinal evidente de que prestar atenção nos versos de Thelma Rosa é uma atitude sensata. E não é isso o que cotidianamente nos é posto? Perguntas, dúvidas sempre; "o que é o universo?". Mais algum mártir morrerá por nós? É necessário? Thelma Rosa muito bem acompanhada nesse registro por Noca Tourino (guitarras), Pedro Belfort (contrabaixo), Bráulio Mangualde (bateria). Usa com sutileza sua voz firme e de timbre envolvente, mas sabe como agredir também com esta mesma voz. Em rompantes, como a dizer: Ei, aqui está uma banda que quer e precisa "gritar". Pois, Thelma Rosa e Banda Diroki sabem que quanto mais pontos de interrogação existirem, mais instigante será a caminhada; nada de ponto final nesse caso. Que "loucos e insanos" sejam os outros. Mas que a dança e a atitude rock´n roll sejam para todos.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More